Uma pequena introdução sobre maldição

Maldição, ato ou efeito de amaldiçoar praga.

Praga, imprecação de males contra alguém; maldição; grande desgraça; pessoa ou coisa importuna; abundância de coisas prejudiciais ou desagradáveis; peste; pessoa desastrada, maçante; designação genérica dos insetos e moléstias que atacam as plantas e animais.

Está é a definição de maldição no dicinário da língua portuguesa, aqui acompanharemos algumas das diversas etapas na vida de uma pessoa comum, e dentro dela abordaremos como a maldição entra na vida do indivíduo desde quando ele é concebido no útero materno até a sua morte, faremos um trajeto do caminho da maldição.

 

Existem diversos níveis de maldição, aqui abordaremos a maldição herdada, adquirida e recebida, sendo-as da seguinte forma:

Herdada

- A pessoa já nasce com ela, são as maldições hereditárias, vindo por parte da mãe ou do pai, de qualquer geração passada.

Adquirida

- É a maldição que vem quando a pessoa faz algo que foi determinado na palavra de Deus para não ser feito, assim ele chama para si as maldições contidas na palavra correlatas a esse ato.

Recebida

                        – É quando um indivíduo, profere palavras contra a sua vida, está é a maldição recebida, que você recebe de terceiros, pessoas que lançam contra você.

 

Como o pássaro no seu vaguear, como a andorinha no seu voar, assim a maldição sem causa não encontra pouso. Pv. 26:2

 

Isto é uma verdade no contexto de maldições, mas quando elas são proferidas, se abre uma lacuna neste item, pois assim como pela palavra tudo veio a existir, nem uma palavra retornar sem ter cumprido o que foi designada para fazer, não quero dizer que com isso a maldição irá se cumprir sem causa, mas sim que a partir de uma palavra o inimigo tem legalidade perante Deus para atuar em nossas vidas, isso nos criará resistência, pois ele é o acusador.

 

…o acusador de nossos irmãos, o qual

diante do nosso Deus os acusava dia e noite. Ap. 10:12

 

A primeira maldição foi adquirida, pois ela veio quando o homem desobedeceu a Deus,

 

…maldita é a terra por tua causa; em fadiga comerás dela todos os dias da tua vida. Ela te produzirá espinhos e abrolhos; e comerás das ervas do campo. Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, porque dela foste tomado; porquanto és pó, e ao pó tornarás. Gn. 3:17-19

então o Senhor amaldiçou ao homem, porquanto desobedecestes a sua palavra, agora antes deste trecho o Senhor já havia amaldiçoada a serpente, que representa a Satanás,

 

…, maldita serás tu dentre todos os animais domésticos, e dentre todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida. Gn. 3:14

e interessante notarmos a profundidade desta palavra, onde Deus fala – pó comerás todos os dias da tua vida. – assim logo em seguida vemos a sentença de morte ao homem, – porquanto és pó, e ao pó tornarás. – esse texto abre uma porta para uma guerra entre o homem e a serpente, pois o homem é pó, e a serpente comerá pó por toda a sua vida, neste momento a condenação do homem estava decretada, por sua desobediência ele perdeu o legado de Deus da vida eterna, e, a partir dali o seu corpo se tornou corruptível e o homem conheceria a morte.

Agora veremos que o indivíduo já nasce com o pecado, carregando a maldição, pelo ato de Adão. Veremos como isso ocorre na vida do ser humano, da sua concepção à sua morte.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s